SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Vocabulário do Vinho (D a L)

282249_328977200513906_1784481501_n

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • D • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

DECANTAR – ato de transferir o vinho da garrafa para uma jarra, com o propósito de separar os sedimentos originários do envelhecimento.

DECRÉPITO – vinho que, por excesso de envelhecimento, apresenta-se apagado, quase sem perfumes, corou sabor.

DEFEITUOSO – vinho que apresenta cheiros ou sabores estranhos, devidos geralmente à falta de higiene da cantina ou à má conservação dos recipientes utilizados.

DELGADO – vinho de pouco corpo.

DELICADO – define um vinho elegante, gracioso, que apresenta particular harmonia e qualidade.

DEMI-SEC  – meio seco, ligeiramente doce ( 20 à 60 gramas de açúcar por litro).

DENSO – vinho que, no aspecto visual, apresenta-se com densidade superior à da água. Característica dos vinhos doces tipo Sauternes.

DESARMÔNICO – que possui exacerbação de um dos componentes gustativos, mascarando-os (ex: excessiva acidez, tanicidade exagerada, doçura elevada) ; o mesmo que desequilibrado

DESBALANCEADO – o mesmo que desarmônico ou desequilibrado.

DESEQUILIBRADO – o mesmo que desarmônico ou desbalanceado.

DOCE – vinho no qual o sabor doce dos açúcares predomina sobre os demais sabores. Açúcares residuais acima de 50g/l. No Brasil, o mesmo que “suave”.

DURO – vinho rico em acidez fixa e taninos. Característica de tintos jovens.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • E • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

EFERVESCENTE – diz-se de um vinho que desprende gás carbônico, em forma de pequenas bolhas.

ELEGANTE – vinho muito equilibrado, fino, de classe.

ENCORPADO – terminologia usada em degustação para indicar um vinho rico em extrato seco (corpo).

ENÓFILO – apreciador e estudioso de vinhos.

ENOLOGIA – ciência que estuda o vinho.

ENOLÓGICO – relativo à enologia ou ao vinho.

ENÓLOGO – indivíduo que tem conhecimentos de enologia; formado em faculdade de enologia.

EQUILIBRADO – vinho em que todos os componentes estão na proporção correta, principalmente o álcool e os ácidos.

ESCANÇÃO – o responsável pelo serviço de vinhos de um restaurante; o mesmo que sommelier (francês).

ESCORREGADIO – vinho que apresenta densidade semelhante à da água.

ESPESSO – o mesmo que encorpado e cheio.

ESPUMANTE – vinho com gás carbônico, efervescente; nos de qualidade o gás é resultante da fermentação.

ESTRUTURADO – vinho com boa presença de álcool, ácidos e taninos.

ETÉREO – diz-se do perfume que apresenta característico odor de éteres. Próprio dos vinhos envelhecidos.

EVANESCENTE – no exame dos espumantes, refere-se à espuma que desaparece rapidamente.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • F • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

FARTO – muito doce e com baixa acidez.

FECHADO – jovem, recém-engarrafado, ou recém-aberto e que ainda não demonstra toda a sua potencialidade.

FIADEIRO – vinho doente, que apresenta densidade semelhante à do azeite.

FIM-DE-BOCA – sensações finais, gustativas e olfato-gustativas, percebidas após a deglutição do vinho.

FINO – vinho de qualidade, cujas sensações olfativas e gustativas são elegantemente equilibradas.

FIRME – jovem com estilo.

FLÁCIDO – sem estrutura, o mesmo que mole.

FLORADO – com aroma de flores.

FLORAL – o mesmo que florado.

FLUTE – taça ideal para espumantes.

FORTIFICADO – ao qual é adicionado aguardente vínica, como o vinho do Porto, o Madeira, o Jerez, o Marsala, o Banyuls e outros.

FOXY – odor que caracteriza os vinhos provenientes de uvas americanas ou de híbridos produtores diretos. Lembra o cheiro vulpino.

FRAGRANTE – vinho cujo frescor olfativo abre as mucosas nasais, dando uma sensação agradável como a hortelã.

FRANCO – indica um vinho que, no seu aspecto olfativo, é absolutamente isento de defeitos.

FRESCO – no aspecto gustativo, refere-se ao vinho com ligeiro excesso de acidez, mas ainda assim muito agradável.

FRISANTE – vinho ligeiramente efervescente, com uma cena riqueza de anidrido carbônico, porém inferior à dos espumantes.

FRUTADO – diz-se de um vinho com aroma e gosto de frutas frescas. Características dos vinhos jovens.

FUGIDIO – vinho de pouca persistência olfativa e olfato-gustativa.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • G • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

GENEROSO – forte, com alto teor alcoólico.

GORDO – suave e maduro.

GRANDE – excelente.

GROSSEIRO – adstringente, sem elegância.

GROSSO – elevada acidez e muito extrato.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • H • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

HARMÔNICO – vinho que equilibra álcool, acidez e açúcar, deixando na boca uma agradável sensação.

HERBÁCEO – particular indício que apresentam certos vinhos jovens, como o Cabernet Franc, lembrando levemente o aroma de ervas frescas.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • I • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

INSÍPIDO – sem gosto característico, sem caráter.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • J • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

JOVEM – vinho geralmente frutado, pouco tânico com acidez agradável e que não se presta ao envelhecimento (Ex: vinhos brancos em geral, espumantes e a maioria dos vinhos brasileiros); pode também significar vinho recém-fabricado que pode e deve envelhecer.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • K • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • L • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

LEVE – com pouco corpo e pouco álcool, mas equilibrado; o mesmo que ligeiro.

LEVE OU LIGEIRO – vinho com pouco corpo.

LIGEIRO – o mesmo que leve.

LÍMPIDO – vinho que, no exame visual, apresenta-se totalmente isento de partículas em suspensão.

Fonte: Infovinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.