SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Um vinho das águas

Ervideira

A Ervideira, produtor do Alentejo, em Portugal, colocou 30.000 garrafas do seu topo de gama, o Conde D’Ervideira Reserva Tinto 2014, na Albufeira de Alqueva, junto à Amieira Marina. Estas garrafas vão aí estagiar a 30 metros de profundidade durante 10 meses de onde nascerá o Conde D’Ervideira Vinha da Água Reserva Tinto 2014.

“O vinho da água é, no fundo, o recuperar de uma história antiga em que barcos e naus se afundavam, vindo-se a descobrir, depois, que tinham vinhos extraordinários”. A explicação é dada por Duarte Leal da Costa, diretor executivo da Ervideira.

“Este vinho, que vai ser o vinho da água, tem de ter pelo menos 20 meses até ir para o mercado, dos quais, no mínimo oito meses de estágio em barrica e oito meses de estágio em água, no fundo da albufeira, a uma temperatura constante, entre os 20 a 30 metros de profundidade” refere Duarte Leal da Costa.

A mais-valia deste processo, prossegue, “é o estar debaixo de água que faz com que o vinho não tenha nenhuma luz, nenhuma alteração de temperatura e uma pressão elevada. Ou seja, o vinho é submetido a um estágio completamente diferente daquilo que acontece nas caves normais das adegas”. O importante é que “tenhamos vinhos com potencial de envelhecimento, com estrutura e com uma brutal capacidade gastronômica. Queremos que os consumidores digam: este é um vinho francamente bom e eu vou aconselhar aos meus amigos”, acrescenta.

Este Conde D’Ervideira Vinho da Água é produzido a partir da seleção dos melhores lotes das castas Touriga Nacional, Aragonez, Tinta Caiada, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon, vinificadas casta-a-casta. Para o primeiro ano a Ervideira irá ter 30.000 garrafas para colocar no mercado, no entanto está já a preparar-se para aumentar a produção já a partir da vindima de 2015.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.