SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Um museu do vinho

vinhedos do mundo

Criada em 1974, a Vinícola Monte Lemos, mais conhecida por Dal Pizzol, está localizada em Faria Lemos, distrito de Bento Gonçalves. Comandada pelos irmãos Antônio e Rinaldo Dal Pizzol, surgiu a partir de uma proposta diferenciada que privilegia a produção controlada.

A Dal Pizzol oferece ao visitante um complexo espaço enoturístico. Aberto desde outubro de 2004, o local, além de oportunizar a degustação de vinhos, também permite aos visitantes ficarem em contato com um ambiente natural e agradável, com foco na cultura do vinho. O espaço, disposto em uma área de 80 mil metros quadrados, compreende lagos e áreas verdes, com grande coleção de plantas nativas, exóticas, ornamentais e frutíferas. No local é possível estar em contato com objetos e utensílios utilizados pelos antepassados na agricultura e na elaboração dos vinhos.

No antigo forno da olaria, conservado e restaurado, foi instalada em 2005 a ENOTECA dos vinhos Dal Pizzol, com uma coleção de garrafas de safras antigas desde a sua fundação, hoje consideradas peças de museu.

Contém ainda uma réplica do primeiro vinhedo construído pelos imigrantes, todo de madeira e sem fios de arame. Ao seu lado encontra-se um vinhedo didático, moderno e voltado para o futuro, denominado Vinhedo do Mundo. Considerada uma das três maiores coleções de uvas privadas do planeta, a maior da América Latina, o Vinhedo do Mundo promete se tornar um dos ícones da civilização do vinho no Brasil. Reune 400 variedades de mais de 30 países dos cinco continentes, sendo 350 em plena produção. O objetivo é cultivar as variedades no pequeno espaço de 0,7 hectare, cuja colheita tornou-se, a partir de 2011, um ritual cultural do Instituto R. Dal Pizzol. Após a colheita, as uvas são vinificadas para comporem o VINUMMUNDI, resultado da vinificação de 165 variedades de uvas de 28 países colhidas no ano anterior. O VINUMMUNDI não é um vinho comercial, mas cultural, ou seja, expressa e simboliza a solidariedade dos povos e sua cultura. É vendido em leilão beneficente.

O trabalho de Rinaldo Dal Pizzol como estudioso da nossa vitivinicultura convergiu para a criação do Instituto Dal Pizzol, ao qual está ligado o Ecomuseu da Cultura do Vinho, que abriga o Vinhedo do Mundo. O seu trabalho foi reconhecido, sendo homenageado com a Medalha do Mérito Farroupilha, a mais alta insígnia concedida pelo parlamento gaúcho. A honraria foi recebida nesta terça-feira, durante a sessão na Assembleia Legislativa.

Viajando ao Sul, não deixe de visitar a Dal Pizzol. Um programa familiar inesquecível!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.