SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Stambolovo 1118 Merlot & Mavrud 2008

GE DIGITAL CAMERA

A Stambolovo Winery, aliada com a ex-Haskovo, é a  sucessora da tradicional Patkovi Vinicultura Firm, fundada em 1932. Atualmente, é uma das mais importantes produtoras de vinho búlgaro. A capacidade anual de produção de vinhos e aguardentes de vinho é superior a 3 milhões de litros.  Stambolovo está localizada no sul da Bulgária, dentro da região vitivinícola do Tracian Valley. A adega é especializada na produção de vinhos de alta qualidade e aguardentes de vinho feitos de variedades de uvas brancas e vermelhas. São cultivadas variedades de uvas  búlgaras típicas e emblemáticos, como Mavrud, Tamianka e Dimiat, e da maioria das castas tradicionais do Velho Mundo. Mantém um Enoteca com vintages desde 1986.

No ano de 1118 foi fundada uma congregação de monges guerreiros, que ficou conhecida posteriormente como a Ordem dos Cavaleiros Templários. Estes monges militares ficaram famosos pela grande quantidade de vinho que consumiam, o que deu origem ao provérbio francês “boire comme un templier” (bebe como um templário!). O vinho é uma homenagem a esses cavaleiros.

Stambolovo 1118 Merlot & Mavrud 2008 – elaborado com as uvas Merlot e Mavrud, com amadurecimento de 12 meses em tonéis de carvalho e mais 12 meses em garrafa. Teor Alcoólico de 12,5%. A coloração é de um vermelho-granada profundo, com muito brilho e boa transparência. Os aromas mostram frutas negras, frutas passificadas, notas de baunilha, fumo e especiarias. Na boca apresenta um bom corpo, com taninosa suaves e bem integrados, acidez pontual e bastante equilíbrio. Bom final com frutado e baunilha se mostrando. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 69,00, na Vinum Day.

Observação: Mavrud – do búlgaro мавруд , do grego , mavro , “branco”- é uma uva tinta autóctone da região de Kara Thrace na Bulgária. Na Grécia também se planta, e é conhecida como Mavroudi. Tem esse nome por causa de uma lenda local. Durante o reinado de Khan Krum, todas as videiras foram destruídas. Um dia, um leão fugiu e atacou a cidade. Um jovem bastante corajoso capturou o leão. Seu nome era Mavrud. Quando o rei indagou à mãe de Mavrud qual era a origem de tal coragem e força, a mãe respondeu que secretamente tinha plantado uma videira em seu quintal, e fazia o filho beber vinho todos os dias. Khan Krum ordenou que as vinhas fossem replantadas .

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Conectado como Osvaldir Castro. Desconectar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.