SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Só Syrah

syrah-in-Napa-Valley-California

Confesso que sou um Syrahzista, mas não desprezo nenhuma outra casta! Daí a atenção para um interessante Blog, de Portugal.

Em Portugal existe o Blogue do Syrah, onde não se fala de outro vinho. E a apresentação já diz tudo: “Somos, apenas, dois consumidores de monocasta Syrah. Exigentes e conhecedores:
Francisco Trindade,  Filósofo, Professor de Filosofia e Psicologia, Proudhoniano, Hammilliano e Zappiano, Escritor… e Raul Pires Coelho, Fotógrafo à maneira antiga, Arquitecto, Professor de Educação Visual, Zappiano, Vegano empedernido, ex-Aviador e ex-Novelista…Propomos neste espaço fazer um Blogue onde se fale de Syrah.Onde só se fale de Syrah e de tudo o que tenha a ver com esta casta extraordinária. Desde as suas raízes e história até ao processo de degustação. Por isso é que este blogue não é sobre vinho, mas sim, sobre Syrah”.

E eles contam: “Esta é a casta que nos apaixona. Deve o seu nome à cidade de Shiraz, na antiga Pérsia, actual Irão, onde já era cultivada nos tempos de Cristo. Teria sido portanto um Syrah que ele bebeu na sua última ceia, pois era a única casta existente naqueles tempos naquela região. Foram os cruzados que a trouxeram para a Europa, para França, vale do Ródano, em primeiro lugar. Depois espalhou-se pelo mundo, qual diáspora feliz. Outras versões, de que falaremos em próximos artigos, dizem que afinal é uma casta criada em França. Fica a possibilidade. Mas a Portugal chega através da Quinta Lagoalva de Cima, região do Tejo, cujo primeiro Syrah é de 1994. Ao nosso Alentejo, pelas mãos de um dinamarquês, de forma inicialmente clandestina, só chegou em 1988, surgindo o primeiro Syrah, denominado Incógnito, em 1998. A partir daí o culto foi-se espalhando até outras regiões do país.A casta é também utilizada em vários vinhos ‘blend’, onde aliás deixa sempre a sua marca inconfundível e pessoal!”.

No site, uma relação de todos os Syrah de Portugal. Muito interessante.

Alentejo
Brett Edition
Syrah da Peceguina
Herdade do Esporão
CEM REIS
Dona Dorinda
Quinta do Caldeireiro
Monte Seis Reis
Hans C. Andersen Cortes de Cima
Incógnito Cortes de Cima
Grande Comenda
Scala Coeli Cartuxa fundação
Margarida Cabaço
Monte do João Martins
Santa Vitória

Lisboa
Syrah 24, Monte d’Oiro

Tejo 
Quinta do Alqueve
Quinta da Lagoalva de Cima

Setúbal
Ermelinda de Freitas
Só Syrah Bacalhoa

Bairrada
Quinta do Valdoeiro
Niepoort

Douro
Quinta da Romaneira
Quinta da Caldeirinha, Beira Interior – Douro Internacional
Crasto Superior

Algarve
Quinta do Francês

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.