SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Os Cabernet Franc degustados no Clube dos Amigos do Vinho

GE DIGITAL CAMERA

Vamos aos vinhos Cabernet Franc degustados na confraria Clube dos Amigos do Vinho de Rio Preto

 

A Bodega Chozas Carrascal está localizada a 700 metros acima do nível do mar, em San Antonio de Requena, entre as cidades de Requena e Utiel. Fundada em 1990, teve a primeira vinificação em 2003 e obteve o Certified Organic Vineyard, para todos os seus vinhos, tendo sido premiada em 2012 com a categoria de Vino de Pago.  O cuidado é tão grande que o uso de sulfitos é quase nulo, além de utilizarem um tipo de bombeamento mais delicado, o qual acontece continuamente e de forma bem suave, evitando a rutura dos grãos das uvas. A Chozas Carrascal tem capacidade para produção 300 mil litros diários, além de poder receber diariamente 6000 kg de uvas.

El Cabernet Familiar de Chozas 2013 – elaborado com 100 Cabernet Franc, com amadurecimento de 9 meses em barricas novas de carvalho francês. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi violáceo intenso e brilhante. Os aromas mostram frutas negras intensas, herbáceo, algo balsâmico e  toque mineral. Na boca as sensações do olfato se repetem, num ótimo corpo, taninos presentes e bem integrados, acidez pontual e leve adstringência. Longo final com intenso frutado e o balsâmico se mostrando. Avaliação: 92/100 Pontos. Preço: R$ 355,00, na Bekaa Delicatessen.

 

Couly Dutheil  foi fundada em 1921 por Batista Dutheil e desenvolvida por René Couly que se casou com Madeleine Dutheil Couly Dutheil. Se a fama Couly-Dutheil é devido à qualidade de seu solo, é também o resultado de uma longa e paciente a qualidade da pesquisa. Couly-Dutheil  tem 120 hectares de vinhedos. A vinícola tem 17 hectares de vinhedos expostos ao sul, circundados por muros de uma antiga fortaleza medieval.

Couly-Dutheil Clos de L’Echo Chinon 2009 - elaborado com 100 Cabernet Franc produzidas em videiras velhas, algumas centenárias, no Loire. Amadurecimento de  18 meses em carvalho. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi escuro, com muito brilho e média transparência. Os aromas são marcantes, com fruta escura, fruta passificada, capim molhado, couro e algo balsâmico. Na boca apresenta um corpo médio, taninos macios e integrados,leve adstrigência e amargor, que permanece no final médio. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 268,00, na Bekaa Delicatessen.

 

A tradição da família Gere em elaborar vinhos atravessa sete gerações no extremo sudoeste húngaro, nas regiões de Villány e Siklós. Esta produção contínua foi interrompida somente uma vez ao longo da história familiar, quando após o término da segunda guerra mundial, muitas empresas foram arruinadas e houve forte êxodo de mão de obra qualificada. Devido a esse triste episódio, Attila Gere tornou-se guarda florestal, até que em 1978, através de seu sogro se interessasse novamente pela vinicultura. Attila e sua esposa, Katalin, iniciaram o cultivo de poucos hectares de vinhedos em Csillagvölgy. Esse primeiro cru, lhes foi entregue como presente de casamento e em 1986 eles engarrafaram a primeira safra. Após um empreendimento conjunto (joint venture) com o enólogo austríaco Franz Weninger em 1992, uma nova vinícola foi erguida dez anos mais tarde. E hoje as instalações da Gere Attila, contam com a mais avançada tecnologia de vinificação disponível no leste europeu.

Villány Weninger & Gere 2006 – elaborado com 100% Cabernet Franc (45 anos), com amadurecimento de 16 meses em barricas novas de carvalho húngaro (80%) e francês (20%) para 80% do vinho sendo o restante em barricas de 2° uso.  Teor Alcoólico de 14,5%. A coloração é de um rubi de média intensidade com halo granada, com muito brilho e transparência. Os aromas evidenciam muita fruta negra madura, frutas pacificadas, especiarias e baunilha. Na boca apresenta um bom corpo, volumoso, com taninos macios e integrados às frutas e acidez pontual, com leve adstringência e adocicado. Muito harm^onico. Longo final, com algo tostado e menta. Avaliação: 94/100 Pontos. Preço: R$  409,00, na Decanter.

 

A história da Viña Maquis,  sob o comando da família Hurtado Vicuña,  começou por volta de 1927, quando o jovem engenheiro Ignacio Hurtado decidiu construir uma adega de vinhos na fazenda. No entanto, o negócio era focado na venda de suas uvas, e somente anos depois, os proprietários tomaram a decisão de replantar os 135 hectares de vinhedos com bons clones de variedades tintas para produzir seus próprios vinhos, focados na qualidade, personalidade e o mais natural possível. Desde 2005, a Viña Maquis passa por um processo de modernização, com a construção de uma nova adega com a mais alta tecnologia e da criação de uma equipe liderada pelo gerente geral Ricardo Rivadeneira Hurtado e assessores franceses como Xavier Chone, que também presta consultoria a Chateau Yquem, Leoville Las Cases, Opus One entre outras.

Maquis Franco 2010 – elaborado com 100% Cabernet Franc, com estágio de 18 meses em barricas novas de carvalho francês e mais 10 meses em garrafa. Teor Alcoólico de 14%. A coloração é de um rubi, denso e brilhante. Os aromas mostram frutas vermelhas e negras mais frescas, bem como notas herbáceas, florais e minerais. Na boca apresenta bom corpo, austero, tem acidez vibrante, taninos de ótima textura e bem integrados. Final persistente, cheio de elegância, finesse e toques de grafite. Avaliação: 93/100 Pontos. Preço: R$  400,00, na Vinhos Mundi.

 

Apesar de a vinícola Pulenta ter iniciado as suas atividades somente no ano de 2002, a história da família com a vitivinicultura argentina começou 100 anos antes. Em 1992, Angelo Pulenta e Palmina Spinsonti chegaram de Ancona, na Itália, na Argentina e lá fincaram as raízes de sua família (e de suas vinhas). Passadas três gerações, os Pulenta resolveram transformar a paixão em trabalho e abriram as portas da Pulenta Estate, que mesmo depois do reconhecimento manteve o ambiente familiar, onde cada vinho nasce e é cuidado como um integrante da família.

Pulenta Gran Cabernet Franc XI 2012 – elaborado com 100% de Cabernet Franc, do Bloco 11 da Finca La Zulema  , Agrelo, Lujan de Cuyo, passando 18 meses de envelhecimento em barricas novas de carvalho francês. Teor Alcoólico de 14,5%. A coloração é de um rubi intenso, com muito brilho. Os aromas mostram jabuticaba, ameixa, amora, compota de frutas, pimentão assado, eucalipto e especiarias. Na boca apresenta um bom corpo, taninos finos, acidez equilibrada, sabores complexos repetindo as sensações do olfato, com leve adocicado. Longo e elegante final com o toque de eucalipto. Escolha do Osvaldir Filho. Avaliação: 93/100 Pontos. Preço: R$  230,00, na Vinhos Mundi.

 

A Bodega Alto de  la Ballena  foi fundada em 1998 e fica próxima a Punta del Este, mais precisamente na Sierra de la Ballena onde o casal Paula Pivel e Álvaro Lorenzo, compraram 20 hectares.  Plantaram os primeiros vinhedos em 2001, colheram a safra inaugural em 2005 e lançaram seus vinhos em 2007. Seus vinhedos estão plantados em oito hectares nas encostas da Sierra de la Ballena, onde cultivam as variedades Merlot, Tannat, Cabernet Franc, Syrah e Viognier. A vinícola tem capacidade para elaborar 60.000 garrafas/ano.

Alto de la Ballena Reserva Cabernet Franc 2008 – elaborado com 100% Cabernet Franc, tendo amadurecido em carvalho francês novos por 12 meses. Teor Alcoólico de 14%. A coloração é de um rubi intenso e brilhante. Os aromas mostram frutos negros (amora), algo floral (violeta), toques de canela, chocolate  e tabaco. Na boca apresenta um orpo mediano, taninos macios e elegantes, boa acidez e bom equilíbrio entre a fruta e a madeira. Longo final com o frutado se mostrando. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: R$ 200,00, na Vinus Mundi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.