SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Guarda Rios Gold Edition 2018

20200115_180019

Em 1943, MONTE DA RAVASQUEIRA  foi adquirida por D. Manuel de Mello, como casa de família e retiro fora da cidade. Quando o patriarca faleceu, o Monte da Ravasqueira passou para José Manuel de Mello, um dos seus filhos, que ali se dedicaria à agricultura, ao apuramento da raça do Cavalo Lusitano e à plantação de vinha. Nesta casa cresceram os seus 12 filhos, que hoje lideram o Grupo José de Mello. O Monte da Ravasqueira tornou-se, ao longos dos anos, muito mais do que uma casa de família, empregando, a dada altura, mais de 300 pessoas da região de Arraiolos. Fruto de uma paixão, José Manuel de Mello dá início ao seu projeto de vinhos, plantando as primeiras vinhas no Monte da Ravasqueira. Em 2001, quatro anos após serem plantadas as primeiras vinhas, a família vindimou aquele que seria o primeiro vinho. Engarrafado e rotulado como MR, este vinho nunca chegaria ao mercado, sendo hoje considerado uma relíquia de grande simbolismo no seio da família e dos colaboradores da Ravasqueira. Da colheita de 2002, chegou ao mercado o primeiro vinho do Monte da Ravasqueira. Um vinho tinto que foi comercializado até meados de 2017. Com o falecimento de José Manuel de Mello a 16 de setembro, ficou por cumprir na íntegra um dos seus objetivos de vida: fazer do Monte da Ravasqueira uma referência incontornável na produção de vinhos do Alentejo. É essa a principal motivação dos seus 12 filhos que optaram por dar continuidade à produção e comercialização de vinhos, homenageando o pai em cada vinho, mas especialmente em cada garrafa da gama Premium. Em 2012, Pedro Pereira Gonçalves, assume o desafio de repensar a filosofia de enologia do Monte da Ravasqueira e o perfil dos vinhos, apostando no crescimento sustentado da marca, com o objetivo de a tornar uma referência incontornável do Alentejo. Concretizando um dos vetores principais da estratégia do Monte da Ravasqueira, tem início um processo de criação de marcas exclusivas de vinhos de qualidade e conceitos diferenciados para a grande distribuição. É o caso das marcas Guarda Rios, Coutada Velha e Landau, em Portugal. O ano 2017 ficou marcado por um ajustamento na identidade da marca e por um processo de reposicionamento comercial, renovando-se o portfolio dos vinhos. Os vinhos passaram a integrar duas grandes gamas – Monte da Ravasqueira e Ravasqueira – e foram lançados novos vinhos, como, foram os casos do Reserva da Família e dos segmentos Clássico, Superior e Seleção do Ano.

Guarda Rios integra o conjunto de projetos que surgem como parte da estratégia de crescimento da Ravasqueira. São vinhos que procuram dar resposta às necessidades e desejos dos consumidores. São marcas exclusivas pensadas e concebidas tendo em conta, única e exclusivamente, o consumidor e a experiência de consumir vinhos de qualidade superior. A primeira colheita do Guarda Rios foi em 2006 e ainda longe do Alentejo. Este vinho está associado ao Enólogo e Administrador do Monte da Ravasqueira que, em 2012, trouxe com ele o Guarda Rios. Assim como os pássaros, este vinho migrou e instalou-se junto às barragens de uma propriedade em Arraiolos onde encontrou o terroir ideal para expressar toda a sua exuberância e vivacidade.

O Guarda Rios é uma ave muito elegante, ágil e, sobretudo, rara de se observar. Este vinho de edição limitada, pretende homenagear esta ave através da conjugação da Syrah com, a típica,

Guarda Rios Gold Edition 2018 – elaborado com Aragonês (40%), Syrah(30%), Trincadeira (20%) e Alicante Bouschet (10%), com amadurecimento de 10 meses em barricas de carvalho francês. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi de média intensidade e muito brilho. Os aromas mostram amora, ameixa preta, suave fumado, caramelo de açúcar, cacau e algo floral. Na boca apresenta um corpo médio, taninos redondos, acidez equilibrada, repetindo as sensações do olfato. Bom final frutado, com o cacau presente. Avaliação: 91/100 Pontos. Oferecido pelo Osvaldir Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.