SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Domaine Sigalas Vin Santo 2004

20200515_101952

Na planície antiga de Oia, na ilha de Santorini, Grécia, encontra-se a vinícola DOMAINE SIGALAS, que foi fundada em 1991 por Paris Sigalas, Markozane Christos e Toundas Yiannis. Inicialmente, a vinícola foi acomodado na adega tradicional da familia Paris Sigalas. Mais tarde, em 1998, uma nova unidade de vinho produção, embalagem e maturidade foi construído e ativada em uma área de propriedade privada, em Oia, a parte norte da Ilha de Santorini. A empresa cultiva 19 hectares de vinhedos com variedades autóctones e produz vinhos de qualidade, em que você pode ver o potencial das variedades e do terroir “único”; da ilha vulcânica. Com a entrada de  Alexander Avataggelos houve um  aumento significativo de capital,e sua entidade jurídica foi alterada para Domaine Sigalas SA. As videiras são classificadas como velhas (já que não foram destruídas durante a epidemia de Phylloxera) e têm mais de 50 anos de idade. O rejuvenescimento das vinhas emprega a mesma técnica desde a antiguidade até os dias atuais, a do “kataboladi”. Esta é a técnica na qual no lugar da videira morta, um ramo de uma videira adjacente é plantado no solo (a uma profundidade aproximada de 30 cm). Essa nova videira é deixada anexada à “videira parental” nos primeiros anos e, depois de 3 a 5 anos, quando tem suas próprias raízes, é cortada da videira parental, criando assim uma nova. Obviamente, para usar com segurança essa técnica de rejuvenescimento, a vinha deve consistir em vinhas velhas, a fim de se proteger de possíveis epidemias de filoxera.

Domaine Sigalas Vin Santo 2004 – elaborado com 75% Assyrtiko (Videiras acima de 50 anos) e 25% Aidani, passificação ao sol por 10-12 dias. vinhedos conduzidos em arbustos, localmente conhecidos como “ampelies ou giristi”", não irrigados. Teor Alcoólico de 9%. Amadurecimento de 24 meses em barricas novas de carvalho francês. A coloração é de um alaranjado brilhante. Os aromas mostram casca de laranja confitada, mel, pêssegos e damascos secos, especiarias exóticas, gengibre e tostados. Na boca apresenta uma concentração elegante, potência e toque mineral, com algo resinoso. Longa persistência com o confitado se mostrando. Avaliação: 92/100 Pontos. Preço: R$ 504,00, na Decanter. Observação: Vinsanto grego nada tem haver com o congênere italiano, cujas uvas são prensadas na semana santa. Também não se trata de vinho fortificado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.