SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

Brasil compra menos Porto

 

As exportações de vinho do Porto para o mercado brasileiro fecharam o primeiro semestre com um valor acumulado de 1,7 milhões de Euros, menos 14,7% do que no mesmo período do ano passado, de acordo com os dados do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP).

Os números de junho vêm intensificar a queda que as exportações de vinho do Porto para o Brasil já apresentavam até maio, altura em que estavam quase 13% abaixo das vendas dos primeiros cinco meses de 2013, somando 1,37 milhões de Euros.

O desempenho das exportações para o Brasil até junho divergiu da tendência global do vinho do Porto, cujas vendas mundiais subiram 2,3%, para 140,6 milhões de Euros, segundo o IVDP. O maior mercado continuou a ser França, com um crescimento de 3,9%, para 37,7 milhões de Euros no primeiro semestre.

A queda das exportações manteve o Brasil fora do “Top 10″ de maiores mercados consumidores de vinho do Porto.  Na lista dos dez maiores mercados compradores de vinho do Porto estão ainda Portugal (19,8 milhões de Euros até junho), Holanda (18,5 milhões), Bélgica (15,8 milhões), Estados Unidos da América (11,4 milhões), Reino Unido (8,9 milhões), Alemanha (3,9 milhões), Canadá (3,8 milhões) e Dinamarca (3,3 milhões de Euros).

Com o Brasil em 11º lugar na lista de maiores mercados mundiais para o vinho do Porto, o 12º maior comprador é a Suíça, seguida da Itália, da Polônia e da Suécia, de acordo com a estatística publicada pelo IVDP.

Fonte: Portugal Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.