SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

As vinhas de Pasteur

842px-Albert_Edelfelt_-_Louis_Pasteur_-_1885

   As pesquisas de Louis Pasteur sempre tiveram o vinho em pauta. Para proteger os vinhos de doenças naturais e criar melhores condições de controle, principalmente da estabilização e envelhecimento natural dos vinhos, ele desenvolveu, em 1878, as famosas experiências sobre fermentação de uvas e do processo hoje conhecido como pasteurização (tão importante na conservação de inúmeros alimentos).

   A vida de vinicultor começou em 1874 quando adquiriu uma primeira parcela de terra, de 1200 metros quadrados, ao Norte de Árbois, na região do Jura, que pertencia a Abadia Beneditina de Rosières. Em 1879 e 1892 completou sua vinha com mais duas parcelas, atingindo 4700 metros quadrados.

   Quando a praga da filoxera atingiu a região, obrigando os produtores partirem para a enxertia, ele preferiu continuar com as suas parreiras de “pé franco”, acreditando ser essas mehores para seus experimentos. 

   As vinhas de Pasteur ainda existem. Em 1935 seu neto as doou para a Sociedade dos Amigos da Casa Natal de Pasteur e posteriormente para a Academia de Ciências, que até hoje estão na administração.  Na “vinha histórica” de Pasteur encontram-se 540 pés de Chardonnay, 540 de Poulsard, 540 de Pinot Noir, 110 de Savagnin e 740 de Trousseau.  O vinhateiro que assumiu essas vinhas, Henri Maire, zelou para que os vinhos históricos de Pasteur jamais entrassem no circuito comercial, sendo a sua venda proibida e ilegal. Ele morreu em 28 de novembro de 2004.

   Há algum tempo, uma garrafa da safra 1967 foi vendida por 450 Euros e no contrarrótulo a exigência: “saber apreciar religiosamente o bouquet remarcável e não permitir que o vinho entre no circuito comercial.


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.