SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A temperatura do vinho

temperatura_vinhos

A temperatura de serviço dos vinho é um importante fator na determinação do sucesso da degustação pois controla fatores que atuam diretamente na liberação de aromas e na percepção dos sabores. A tradicional norma que “vinhos devem ser servidos à temperatura ambiente”, nem sempre é válida, especialmente em países de clima tropical, onde na maior parte do ano existe a prevalência de temperaturas muito elevadas e onde são ainda pouco usuais os ambientes climatizados. Desta forma, deve-se prestar especial atenção às temperaturas de serviço dos vinhos, procedendo-se aos ajustes necessários para se servir os mesmos à temperatura adequada. Abaixo, mostramos uma tabela de referência com as temperaturas mais adequadas a cada tipo de vinho:

Temperaturas de Serviço – Brancos

  • Espumantes: 5° C
  • Brancos Doces: 6° C
  • Champagnes: 8° C
  • Brancos Secos Leves: 9° C
  • Brancos Secos Corpo Médio: 12° C
  • Brancos Secos Encorpados: 14° C
  • Rosés: 9 a 10° C
  • Jerez Fino e Manzanilla: 7° C
  • Jerez Amontillado e Oloroso: 11° C
  • Porto Branco: 8 a 10° C
  • Madeira: 14° C

Temperaturas de Serviço – Tintos

  • Tintos Leves: 10 a 12° C
  • Tintos de Corpo Médio: 13 a 14° C
  • Vinho do Porto Tinto: 14° C
  • Chianti, Zinfandel: 16° C
  • Pinot Noir: 16° C
  • Grandes Tintos, Bordeaux, Tintos encorpados: 17 a 18° C

Estas temperaturas são pontos de referência e não regras absolutas; há termômetros utilizados em degustações, porém isto só é utilizado quando há excesso de formalidade e rigorosidade.

Normalmente os vinhos podem ser colocados em geladeiras até atingirem a temperatura próxima ao ideal e retirados com antecedência para iniciar o serviço. Em geral a parte inferior da geladeira diminui entre 5 e 6 graus o vinho em um período de uma hora. Pode-se também utilizar baldes contendo gelo e água ou ainda dispositivos do tipo Rapid-Ice, com a finalidade de resfriar o vinho

Fonte: Artwine

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.