SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A seleção de setembro do Bekaa Wine Club

20201012_171845

O Bekaa Wine Club de setembro, em suas três versões –   Clássico, Black e Premium – apresentou uma seleção de vinhos oferecidos com descontos especiais aos seus membros, com excelente custo/qualidade. Vamos aos vinhos.

António José Ribeiro Saramago nasceu em Vila Nogueira de Azeitão em 1948. Desde muito cedo que demonstrou paixão pelo mundo do vinho, não sendo alheia a influência do seu pai, José Maria Saramago, adegueiro na empresa José Maria da Fonseca durante 42 anos. Com mais de 200 prémios conquistados, muitos dos seus vinhos têm sido sobejamente apreciados pela imprensa nacional e internacional da especialidade, destacando-se nesta última Jancis Robinson e Robert Parker. É a partir da Península de Setúbal e do Alentejo, áreas vinícolas situadas no Sul de Portugal, que António Saramago, um dos mais respeitados e experientes enólogos portugueses, produz de forma inventiva e ousada os seus próprios vinhos a partir de castas regionais como a Castelão, Aragonês e Trincadeira, francesas (Cabernet Sauvignon e Grand Noir), além da “gaulesa de alma lusitana” Alicante Bouschet. Com atuação no mercado vitivinícola de seu país desde os anos 60, quando se formou pela Universidade de Bordeaux, Saramago capitaneou importantes projetos que o projetaram nacionalmente. Com o sucesso, fundou o laboratório de enologia Enolab e a tornou-se consultor de várias vinícolas de renome em Portugal.

Antonio Saramago Winemaker 2017 – elaborado com Castelão, e Alicante Bouschet, com envelhecimento de 14 meses em barricas de carvalho francês e americano. Teor Alcoólico de 14%.A coloração é de um intenso rubi, com bordas violáceas e muito brilho. Os aromas mostram frutas vermelhas,  frutas pretas e toques florais. Na boca apresenta um bom corpo, textura sedosa, sabores frutados marcantes e taninos finos. Bom final, com o toque floral se mostrando. Avaliação: 90/100 Pontos.

Ilógico 2019 – elaborado com Syrah e Aragonez ,com 3 meses de passagem por madeira. Teor Alcoólico de13,5%. A coloração é de um rubi intenso e brilhante. Os aromas mostram fruta vermelha e preta, notas defumadas e de especiarias. Na boca apresenta um corpo médio,  acidez vivaz, taninos macios, repetindo as sensações do olfato. Bom final com o toque defumado se mostrando. Avaliação: 90/100 Pontos.

 

A família Bartolommei instalou-seno Município de Montalcino no início do século passado. A família se originou a partir de Podere Marzolo no município de Cinigiano (Província de Grosseto). Em 1911, a família mudou-se para Podere Poggi, uma fazenda na Villa Santa Restituta para trabalhar a terra por meação (a forma típica de gerenciamento de fazenda toscana). Nos anos que se seguiram, a família se mudou várias vezes , até que finalmente chegou à fazenda Caprili em 1952. Em 1965, a família Bartolommei decidiu comprar a propriedade da família Castelli-Martinozzi, com 49 hectares na zona de Villa Santa Restituta. No mesmo ano, 1965, plantou a primeira vinha, chamada de “Madre”, de onde saíram os clones para as novas vinhas plantadas na propriedade. A primeira garrafa de Brunello di Montalcino é da colheita de 1978 e foi colocado no mercado em 1983. O enólogo Paolo Vagaggini  produz seus vinhos sob um ângulo bastante tradicionalista.

Caprili Ilex Sangiovese 2017 – elaborado com 100% Sangiovese Grosso, com pequena parcela estagiando em madeira. Teor Alcoólico de 13%. A coloração é de um rubi vibrante. Os aromas mostram cereja preta,  couro,  chocolate e especiarias. Na boca apresenta um corpo médio, taninos suaves e bem integrados, com acidez  equilibrada e leve amargor, que prevalece no bom final. Avaliação: 89/100 Pontos.

 

As Bodegas Señorío de Nevada foram fundadas em 1996 e têm uma área de 21 hectares, estendendo-se ao pé da Alpujarra de Granada, a uma altitude de 650 metros acima do nível do mar. Situam-se numa zona idílica para o cultivo da vinha, com terrenos ricos em minerais da alta montanha e um microclima especial, devido à extraordinária combinação de factores climáticos, típicos da Serra Nevada, o mar e os três rios que o atravessam zona. O que começou como o sonho de um imigrante originário do Vale de Lecrín que fez fortuna nas Ilhas Canárias e transformou a antiga casa de fazenda de seus pais em uma vinícola, agora se tornou um dos mais importantes complexos enológicos de Granada: a Hacienda Señorío de Nevada. Uma vinícola em estilo château francês, rodeada de seus vinhedos e um moderno hotel 4 estrelas, inovador, mas em sintonia com a paisagem. Seus vinhos estão entre os que mais receberam prêmios do DO Granada.

Señorio de Nevada Bronce 2015 – elaborado com Cabernet Sauvignon, Garnacha e Petit Verdot, Merlot, com amadurecimento de 10 meses em carvalho francês e americano. Teor  Alcoólico de 14,5. A coloração é de um rubi intenso e brilhante. Os aromas mostram cereja, ameixa, framboesa, frutas confitadas ( figo, ameixa, uva), eucalipto,  cedro, fumo, chocolate e café. Na boca apresenta um bom corpo, taninos firmes, acidez pontual, repetindo as sensações do olfato. Longo final frutado com  o chocolate se mostrando. Avaliação: 90/100 Pontos.

 

Finca Las Moras, pertencente ao Grupo Peñaflor,  é uma vinícola pioneira dedicada à elaboração de vinhos de alta qualidade em San Juan desde a reestruturação das vinhas em 1993 por Richard inteligente. Os vinhedos estão rodeados por amoreiras e, portanto, o nome para a adega. San Juan focada em Shiraz e Malbec juntamente com Viognier e Sauvignon Blanc é a nova fronteira para a produção de vinhos finos na Argentina. O rio San Juan é uma fonte vital de irrigação nesta região proporcionando com água de neve de fusão pura dos Andes ao Atlântico para dar origem a Zonda e Tulum vale ao contrário do Vale do Pedernal – considerado hoje como o vale por excelência para o crescimento da de mais alta uvas de qualidade – ascensão por movimentos geleira. sol brilhante e tempo extremamente seco faz com que os vales ideal para as uvas cultivadas organicamente. Finca Las Moras, com mais de 1.100 hectares de vinhedos plantados em diferentes vales, está focada em sustentabilidade, continuam a inovação e a cultura micro regiões de exploração, contribuindo com a complexidade e elegância que o impacto na fruta em cada uma das suas linhas de vinhos.

Finca Las Moras Barrel Select Cabernet Syrah Reserve 2018 – elaborado com 50% Cabernet Sauvignon (de Pedernal) e 50% Syrah (de Tulum), com amadurecimento de 8 meses em barricas francesas e americanas. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi intenso e brilhante. Os aromas mostram frutas negras e vermelhas, especiarias picantes, toque floral e sutis notas de pimentão, baunilha e tostados. Na boca apresenta um corpo médio, taninos suaves, acidez equilibrada, repetindo as sensações do olfato. Avaliação: 88/100 Pontos.

Bodegas Manzanos dá seu nome ao grupo de vinícolas que melhor representam a identidade da família Fernández de Manzanos. Existem três vinícolas: Azagra e Haro na denominação Rioja e Campanas na denominação Navarra. Sua vasta área de vinhedos em diferentes localizações das denominações lhes dá o poder de brincar com as nuances do terroir. Em suas vinícolas é demonstrado o primoroso processo de elaboração. Em Rioja, eles possuem a emblemática e mais antiga vinícola da denominação em Haro e sua contemporânea vinícola em Azagra, ambas usando a gravidade como princípio da arquitetura para a elaboração. Bodegas Manzanos Azagra  é o carro-chefe da Manzanos Wines, empresa na qual algumas marcas da denominação Rioja são elaboradas e engarrafadas. Situa-se na chamada “ Rioja del Reyno ”, em Azagra (Navarra), rodeada de uma grande quantidade de vinhas propriedade da família Manzanos. Esta adega em estilo château foi construída pela primeira vez em 2002, mas só em 2007 é que os trabalhos começaram a ser realizados aqui. Foi desenhado por Victor Fernández de Manzanos Pastor, pai do atual CEO. Ele criou uma vinícola perfeita para garantir a melhor qualidade do vinho, com a ajuda da arquitetura.A adega está situada no topo de uma colina, longe do centro da aldeia. A sua localização é perfeita pelo facto de estar no topo possibilitou a concepção dos quatro pisos subterrâneos, cada um para um processo diferente. Desta forma, o vinho desce de um piso ao outro  por gravidade.  Isso permite evitar o bombeamento do vinho. Campanas é também a vinícola mais antiga da denominação Navarra. Oito anos de crescimento sustentado apoiam estes jovens que conquistam o respeito e a reputação dos seus vinhos dia após dia.

Finca Manzanos 2018 – elaborado com Tempranillo e  Garnacha, sem indicação de passagem por carvalho. Teor Alcóolico: de 13,5%. A coloração é de um  rubi escuro e brilhante. Os aromas mostram cereja preta, ameixas vermelhas, alcaçuz, cedro, alcaçuz e cravo. Na boca apresenta  um bom corpo, com taninos firmes, bem integrados ao frutado, acidez em equilíbrio. Bom final frutado com toque de carvalho se mostrando. Avaliação: 88/100 Pontos.

Ligue agora e faça parte do Bekaa Wine Club: (17) 3234-3358 | 98145-4064 wineclub@bekaa.com.br

Vale a pena participar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.