SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A seleção de julho do Bekaa Wine Club Soft

20180721_154235

A seleção de julho do Bekaa Wine Club Soft  apresenta um vinho italiano e um português, oferecidos aos membros do clube a preços especiais,  com excelente custo/qualidade. Vamos aos vinhos.

Umberto Cesari iniciou, na década de 1960, com 20 hectares de vinhedo bem no coração da Emilia Romagna,  o seu trabalho. Com o passar dos anos, ele conseguiu acrescentar outros vinhedos, diferentes variedades de uvas e novos vinhos, como Sangiovese, Albana, Pignoletto e Trebbiano, além de algumas variedades internacionais, Chardonnay, Cabernet Sauvignon e Merlot. Seis propriedades separadas, 175 hectares de vinhedos, completamente reestruturados. As seis propriedades – Ca ‘Grande, Liano, Laurento, Tauleto, Casetta e Parolino – possuem qualidades e personalidades individuais, incluindo o verdadeiro tesouro da vinícola.

Umberto Cesari Iove Trebbiano di Romagna 2016 – elaborado com 100% Trebbiano Romagnolo, a partir de vinhedo com idade média de 20 anos. Amadurecimento de 3 meses em tanques de aço inox. A coloração é de um amarelolimão, com muito brilho. Os aromas mostram frutas cítricas, maçã, maracujá e algo floral. Na boca o frutado se repete, com um toque acentuado de acidez, que lhe confere um frescor agradável. Bom final com o cítrico se mostrando. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 51,00, aos membros do Bekaa Wine Club Soft.

 

Jorge Böhm instalou-se no Alentejo em 1984. Realizou estudos das castas portuguesas em colaboração com a Universidade de Évora. A adega foi criada em 1997, quando Dorina Lindemann, filha de Jorge Böhm, enóloga licenciada pela Universidade de Geisenheim (Hessen), veio da Alemanha para Portugal com o marido e, aproveitando as vinhas já existentes ligadas ao programa de melhoramento técnico de seu pai, se dedicou à produção de vinho. Consequentemente, deu-se a expansão da adega de acordo com o crescimento dos viveiros do pai. Hoje em dia, Dorina e as duas filhas, Luísa e Júlia Lindemann, são umas apaixonadas pelo vinho das castas autóctones Portuguesas e pelo Alentejo. Após o falecimento do marido, Dorina procurou sociedade comercial com alguém de enorme competência e confiança. Nasceu, então, uma parceria com Karl Heinz Stock, um prestigiado empresário seu compatriota.

Marquês de Montemor Branco 2017 – elaborado com as castas Arinto, Gouveio e Alvarinho. Teor  Alcoólico de 13%. A coloração é de um amarelo palha com muito brilho e transparência.  Os aromas mostram frutas cítricas, marmelo, maçã verde e toques minerais. Na boca as sensações do olfato se repetem, com uma acidez firme, que lhe confere frescor. Agradável final. Avaliação:  88/100 Pontos. Preço: R$ 59,00, aos membros do Bekaa Wine Club Soft.

 

Para participar dessa seleção mensal do Bekaa Wine Club Soft é só contatar o wineclub@bekaa.com.br ou pelo  telefone (17)98111-5657. Vale a pena!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.