SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A seleção de janeiro do Bekaa Wine Club 90+

GE DIGITAL CAMERA

A seleção de janeiro do Bekaa Wine Club 90+ apresenta um vinho argentino e um vinho português, oferecidos aos membros do clube a preços especiais,  com excelente custo/qualidade. Vamos aos vinhos.

 

Susana Balbo, primeira enóloga argentina, foi eleita pela revista The Drink Business como uma das mulheres mais influentes no mundo do vinho, em razão de sua trajetória de sucesso de mais de 30 anos na carreira. Susana Balbo é famosa internacionalmente por seus vinhos com características exclusivas, de cortes diferenciados que resgatam mesclas do velho mundo. Pedro Marchevsky, sua grande paixão pessoal e profissional, é reconhecido como técnico que mais conhece sobre o manejo dos vinhos argentinos. Os vinhos de sua vinícola Domínio Del Plata, em Mendoza, dividem-se em dois ramos: Susana Balbo Wines (composto pelas linhas Crios, Susana Balbo Signature e Nosotros) e BenMarco.

BenMarco Malbec 2013 – elaborado com 100% Malbec, com amadurecimento de 13 meses em barricas de carvalho francês e americano. Teor Alcoólico de 14,2%. A coloração é de um rubi intenso e brilhante. Os aromas mostram Frutas negras (cassis, ameixa, cereja negra), toque floral, especiarias e leve tostado. Na boca apresenta bom corpo, com taninos firmes e bem integrados ao frutado e acidez equilibrada. Avaliação: 92/100 Pontos. Preço: R$ 130,00, aos membros do Bekaa Wine Club 90+.

 

A Vinícola Manzwine, localizada na Vila de Cheleiros distrito de Setúbal a 20 minutos de Lisboa, é propriedade do brasileiro André Manz, ex-jogador de futebol que  ao mudar-se para esta localidade em 2004, queria apenas fazer um vinho para consumo da família, pois era um apreciador da bebida, mas a descoberta de uma uva branca chamada Jampal, praticamente extinta em Portugal, fez com que André  decidisse produzir um vinho com esta casta, mesmo sendo desaconselhado pelas pessoas do lugar, em função da abundância de outras variedades e da fraca rentabilidade em grande escala da Jampal. O resultado foi surpreendente: o seu vinho era diferente de tudo o que se havia provado até então, constituindo uma oportunidade de negócio inesperada e o mote para a produção de outras castas portuguesas tintas mais antigas, assim como para a exploração de vinhas nas regiões nobres do Alto Douro e Palmela. Hoje a Manzwine é produtora de seis tipos de vinhos:  Dona Fátima, Pomar do Espírito Santo, Platônico, Manz Rosé, Manz Douro (Medalha de Ouro Mundus Vini este ano) e Contador de Estórias (Eleito um dos 50 Melhores Vinhos de Portugal).

Manz Contador de Estórias 2009 – elaborado com 30% Touriga Nacional, 60% Syrah e 10% Petit Verdot, com amadurecimento de 12 meses em barricas de carvalho francês e americano (30% do vinho). Teor Alcoólico de 14%. A coloração é de um rubi bem escuro com toques violáceos, muito intenso. Os aromas mostram frutas negras, especiarias, bálsamo e uma leve nota de couro. Na boca apresenta um bom corpo, repetindo as sensações do olfato, com taninos firmes e acidez equilibrada. Longo final com o toque balsâmico se mostrando. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: R$ 80,00, aos membros do Bekaa Wine Club 90+.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.