SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A noite dos argentinos

GE DIGITAL CAMERA

A Confraria do Vinho de São José do Rio Preto realizou, na noite de hoje, a sua reunião do mês deoutubro, tendo por local  o Restaurante Grand-Père, do Hotel Saint Paul. Presentes:  Achiles, Osvaldir, Lorga, Tognola, Edilberto, Horácio, Florêncio e Renato.  Como aquecimento o Renato trouxe um Legat du Pape Chataeuneuf du Pape 2013. A seleção da noite foi feita pelo Horácio e na pauta vinhos Argentinos. Vamos aos vinhos degustados.

 

Judas Malbec

A Bodega Sottano é um projeto comandado pela 4ª geração da família Sottano que, em 2002, movidos pela paixão pelo vinho decidiram dar continuidade à tradição familiar e investiram na produção exclusiva de vinhos premium. A adega e os vinhedos da bodega estão situados ao pé da majestosa Cordilheira dos Andes, em uma das regiões mais exclusivas de Mendoza para a produção de uvas de alta gama: Perdriel, a 30 km de Mendoza, na região de Luján de Cuyo. A Sottano é uma bodega boutique, cuja produção de vinhos se limita apenas aos de alta qualidade com uma produção anual de 500.000 litros. O rendimento de uvas nos vinhedos é de 8 toneladas por hectare, a metade da média nacional Argentina, o que atesta a qualidade superior dos vinhos. Para as linhas Reserva e Reserva de Família o rendimento está entre 5 e 6,5 toneladas, chegando a 4 toneladas para aprodução do vinho ícone da bodega: o Judas.

Judas…Esse nome tem explicação!Tudo o que a família Sottano queria era uma produção limitada desse vinho para consumo exclusivo. Doce ilusão… um membro da família decidiu compartilhar essa maravilha de vinho com terceiros, que abismados com seu sabor e complexidade espalharam para os quatro cantos as qualidades da bebida. Diante de tantos pedidos, começou a vender algumas garrafas sem a família saber, mas o segredo não durou muito…em poucos meses a cidade inteira estava sedenta pelo vinho. A saída foi contar a sua traição para a família, que decidiu, então, aumentar a produção para a venda. Daí seu nome…JUDAS!

Produtor:  Bodega Sottano

País: Argentina

Região:  Perdriel, Luján de Cuyo, Mendoza

Uva:  100% Malbec

Amadurecimento: durante 18 meses em barris de carvalho de primeiro uso (70% em francês e 30% em americano)

Teor Alcóolico: 15,3%

Cor:  vermelho intenso, brilhante com reflexos negros

Aroma:  mostra grande intensidade e complexidde, predominando notas de cereja, tabaco, cassis, pimenta branca e cravo com suaves notas de chocolate e menta

Sabor: apresenta  grande estrutura, com taninos doces e aveludados, num bom equilíbrio com a madeira, marcado pela acidez.

Final: longo final com muito frutado e um marcante adocicado

Avaliação: 92/100 Pontos

 

Susana Balbo Nosotros Malbec

Susana Balbo, primeira enóloga argentina, foi eleita pela revista The Drink Business como uma das mulheres mais influentes no mundo do vinho, em razão de sua trajetória de sucesso de mais de 30 anos na carreira. Susana Balbo é famosa internacionalmente por seus vinhos com características exclusivas, de cortes diferenciados que resgatam mesclas do velho mundo. Pedro Marchevsky, sua grande paixão pessoal e profissional, é reconhecido como técnico que mais conhece sobre o manejo dos vinhos argentinos. Os vinhos de sua vinícola Domínio Del Plata, em Mendoza, dividem-se em dois ramos: Susana Balbo Wines (composto pelas linhas Crios, Susana Balbo Signature e Nosotros) e BenMarco.

Produtor:  Bodega Susana Balbo

Região: Luján de Cuyo, Mendoza

 Uva:  100% Malbec

 Amadurecimento: durante 18 meses em barris de carvalho de primeiro uso

Teor Alcóolico: 14,5% Vol.

Cor: rubi intenso, com muito brilho.

Aroma: mostra notas de cereja preta, cassis, violeta e pimenta preta combinada com sabores de chocolate e baunilha

Sabor: apresenta um equilíbrio perfeito repetindo as sensações do olfato, com taninos suaves e acidez equilibrada.

Final: longo final com muito frutado e um suave adocicado

Avaliação: 94/100 Pontos

 

Pulenta Gran Corte

A família Pulenta tem sido associada à viticultura Argentina por três gerações. Os filhos do vinicultor Antonio Pulenta e descendentes de imigrantes italianos, Eduardo e Hugo Pulenta, deram vida a Pulenta Estate no ano de 2002, fornecendo experiência e a mais qualificada mão de obra. A tradição, sabedoria e experiência da família, planejada durante os 100 anos desde a chegada de Angelo Pulenta e Palmina Spinssanti na Argentina, vivem hoje na Pulenta Estate. A missão desta bodega é produzir series limitada de grandes vinhos, elaborados com orgulho na Argentina.

Produtor:  Pulenta Estate

País: Argentina

Região:  Luján de Cuyo, Mendoza

 Uva:  43% Malbec, 28% Cabernet Sauvignon, 18% Merlot, 8% Petit Verdot e 3% Tannat

 Amadurecimento: 18 meses em barris de carvalho de primeiro uso

Teor Alcóolico: 14,5%

Cor: intenso rubi, com muito brilho

Aroma: mostra cereja, ameixa, framboesa, cassis, caramelo, toques de especiarias e baunilha.

Sabor: apresenta um bom corpo, muita elegância e equilíbrio, com os taninos suaves e bem integrados ao frutado.

Final: longo final com as frutas e a baunilha em destaque.

Avaliação: 91/100 Pontos

 

El Gran Enemigo Single Vineyard Gualtallary

 

El Enemigo é o projeto pessoal de Alejandro Vigil, enólogo chefe de Catena Zapata, e de Adrianna Catena, filha mais nova de Nicolás Catena. Tendo à sua disposição uma ampla gama dos melhores vinhedos de Mendoza — pertencentes à família Catena — Alejandro Vigil selecionou parcelas específicas que pudessem dar origem a vinhos com uma personalidade distinta dos talhados por ele em Catena Zapata. São tintos com bastante nervo, taninos abundantes e um caráter deliciosamente selvagem. Talvez a maior criação do genial enólogo Alejandro Vigil, seja o El Gran Enemigo Single Vineyard Gualtallary , elaborado com uvas de um vinhedo único, plantado a 1.470 de altitude de em Gualtallary, em Tupungato. A densidade do vinhedo é de impressionantes 1000 plantas hectare, que confere às uvas, colhidas em sete etapas distintas, uma impressionante concentração. Segundo Robert Parker, que classificou o vinho com 97 pontos a mais alta nota já concedida a um Cabernet Franc e a mais alta entre os 844 vinhos degustados o vinho combina a profundidade e austeridade do Château Lafleur com a acidez de um Madeira antigo. Segundo o crítico, por sua qualidade impressionante, o vinho é uma verdadeira pechincha, capaz de envelhecer por muitos e muitos anos. A produção é minúscula pouco mais de 230 caixas para todo o mundo

Produtor:  Bodega Aleanna

País: Argentina

Região: Tupungato, Mendoza

 Uva:  Cabernet Franc 85% Malbec 15%

 Amadurecimento: 7 meses em barricas francesas

Teor Alcóolico: 13,9%

Cor: vermelho rubi escuro, com muito brilho

Aroma: mostra frutas vermelhas e negras, especiarias e sutil mineral

Sabor: apresenta taninos sedosos, muito complexo e notas de frutos pretos e especiarias sutis.

Final: longo final, com o traço  mineral presente

Avaliação: 93/100 Pontos

 

Cadus Single Vineyard Finca las Tortugas – Malbec

A Vinícola Nieto Senetiner nasceu em 1888, quando imigrantes italianos plantaram e difundiram os primeiros vinhedos em Vistalba, Luján de Cuyo, em Mendoza. Passou por vários proprietários, sendo que em 1969 foi adquirida pela família Nieto Senetiner, que iniciou uma etapa de transformações na Vinícola. Em 1998 passou para as mãos da família Perez Companc. Uma tecnologia de vanguarda, mantendo o espírito fundacional e artesanal, é a filosofia da empresa. Em 2002 se transformou na primeira vinícola argentina em certificar a máxima qualidade em todos os seus processos mediante as normas ISO 9002. São quase 300 hectares de vinhedos, para uma capacidade de 2 milhões de litros por ano. São produzidas várias linhas, para o mercado interno e para a exportação: Cadus, Occasionale, Don Nicanor, Nieto Senetiner e Benjamin.

Produtor:  Bodega Nieto Senetiner

País: Argentina

Região:Agrelo, Luján de Cuyo, Mendoza

 Uva:  100% Malbec

 Amadurecimento: durante 24 meses em barris de carvalho de primeiro uso

Teor Alcóolico: 15,5% Vol.

Cor: rubi intenso, com reflexos violáceos e com muito brilho.

Aroma: mostra notas de cereja preta, amora,ameixa,  tostado  e baunilha

Sabor: apresenta um equilíbrio perfeito repetindo as sensações do olfato, com taninos suaves, acidez equilibrada e algo adocicado

Final: longo final com muito frutado e um suave adocicado

Avaliação: 91/100 Pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.