SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A degustação especial do sábado na Bekaa

20191207_110755

A degustação especial do sábado na Bekaa foi comandada pela Mariane. Foram degustados vinhos oferecidos a preços especiais aos participantes, como tradicionalmente a Bekaa faz nas degustações do sábado. Vamos aos vinhos.

Um grupo de amigos, impulsionados pelas características peculiares de clima e solo da região, funda a Vinícola Courmayeur em 1976, localizada em Garibaldi, na Serra Gaucha. A vinícola foi  adquirida pelo grupo Cinzano em 1986, empresa italiana especializada na elaboração de bebidas. A partir desta data passou a denominar-se Vinícola Courmayeur Ltda. O nome Courmayeur provém de uma comuna que fica entre a França e a Itália, no vale D’osta, destacado pelo grande fluxo de turistas para as pistas de ski. Em 2003 Família Nicolini Verzeletti abraça o projeto, desde então primando pela qualidade e inovação na elaboração de espumante e vinhos finos.

Courmayeur Prosecco – elaborado com Prosecco (100%), método Charmat, com tomada de espuma em autoclave ficando 3 meses em contato com as leveduras. Perlage  com borbulhas finas e persistentes. Teor Alcoólico de 11,5%. A coloração é de um amarelo palha. Os aromas mostram  frutas cítricas principalmente lima, com leve toque mineral. Na boca apresenta boa cremosidade e frescor repetindo as sensações do olfato. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 48,45.

A Cantine Riondo é uma grande cooperativa detentora de muitas marcas, dentre elas a Casa Burti e Lunardi, além da própria Riondo. A sede da vinícola está localizada no Veneto, ao nordeste do pais, tendo como grandes cidades de referência, as históricas Veneza e Verona. São 6.000 hectares de vinhas, com 1800 associados. Seus rótulos possuem distribuição nacional e internacional, sendo ela considerada uma das maiores distribuidoras de vinhos para o mercado europeu.

Riondo Casa Burti Extra Dry Espumante En Rose – elaborado com 70% Raboso e 30%Merlot, elaborado pelo método Charmat. Teor Alcoólico de 11%. A coloração é de um  rosado brilhante, com borbulhas de média intensidade. Os aromas mostram frutas vermelhas e algo floral (rosa). Na boca apresenta frescor, acidez marcante, repetindo as sensações do olfato. Bom inal com o toque floral se mostrando. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$ 76,50.

Um grupo de amigos, impulsionados pelas características peculiares de clima e solo da região, funda a Vinícola Courmayeur em 1976, localizada em Garibaldi, na Serra Gaucha. A vinícola foi  adquirida pelo grupo Cinzano em 1986, empresa italiana especializada na elaboração de bebidas. A partir desta data passou a denominar-se Vinícola Courmayeur Ltda. O nome Courmayeur provém de uma comuna que fica entre a França e a Itália, no vale D’osta, destacado pelo grande fluxo de turistas para as pistas de ski. Em 2003 Família Nicolini Verzeletti abraça o projeto, desde então primando pela qualidade e inovação na elaboração de espumante e vinhos finos.

A Tetramythos é fruto da iniciativa dos irmãos Aristos e Stathis Spanos, provenientes de uma família de viticultures das montanhas de Aegialia, em conjunto com o enólogo Panayiotis Papagiannopoulos, também natural dessa região. Em 1999 eles se conheceram e fizeram seus primeiros vinhos, em seguida investiram em novos vinhedos e na vinícola que ficou pronta e opera desde de 2004. A região de Aegialia é reconhecida há muito tempo por suas boas condições para plantio de uvas destinadas à produção de vinhos, conforme dito por Pausanias geógrafo e viajante grego da antiguidade. Os vinhedos da Tetramythos, localizados nessa região, estão situados entre 450 e 1000 metros de altitude e são cultivados de forma orgânica. As uvas plantadas são: Roditis, Malagousia, Sauvignon Blanc, Agiorgitiko, Black of Kalavryta, Merlot e Cabernet Sauvignon, recebendo a denominação de Vinho de Qualidade Produzido na Região Determinada de Patras (V.Q.P.R.D. de Patras).

 

Tetramythos Roditis 2015 -  elaborado com 100% Roditis, de  videiras não-irrigadas com idade entre 19 e 35 anos. Utiliza-se leveduras selvagens para 80% do vinho com rápido amadurecimento em inox. Teor Alcoólico de 12%. A coloração é de um amarelo limão, com muito brilho. Os aromas mostram tangerina, limão, maçã verde,  flores de cítricos e toques minerais. Na boca apresenta um corpo médio, acidez viva, repetindo as sensações do olfato. Agradável final com o cítrico se mostrando. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$ 137,70.

“Eu vou sair. Eu me tornarei cantor e quando voltar, vou construir um porão para dedicar a você. ” Al Bano deixou a pequena cidade de Cellino San Marco , localizada no coração de Salento,  dizendo esta frase a seu pai, Don Carmelo. A promessa foi cumprida Assim nasceu a Cantine di Al Bano Carrisi , na paisagem verde de Cellino San Marco, no coração de Salento, onde o cantor Al Bano construiu sua vinícola, em uma de suas propriedades. Uma antiga aldeia entre bosques, vinhas e olivais, tudo a poucos quilômetros do Mar Adriático e do mar Jônico . A história passou pela terra que hoje, é propriedade da família Carrisi, existe o absoluto respeito de uma natureza. Das adegas do cantor Al Bano Carrisi, os vinhos são produzidos de maneira genuína , para as mesas do mundo todo. Hoje a adega produz 10 linhas de vinho, grappa,  espumante e um excelente azeite. Os vinhos variam entre os tintos, rosés e brancos, obtidos em vinhas entre os 40 e os 75 anos, incluindo Primitivo, Negroamaro, Salice Salentino, Chardonnay e Aleatico.

Al Bano Salice Salentino Rosso 2016 – elaborado com Negroamaro 85% e Malvasia Nera di Brindisi 15%, vinhas de 40 anos,  com amadurecimento de 6 meses em barricas de carvalho. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um intenso e brilhante rubi. Os aromas mostram ameixa, cereja , notas florais e ervas secas. Na boca apresenta um bom corpo, taninos macios e bem integrados ao frutado, acidez pontual e um toque floral. Bom final com ótimo frutado. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 84,15.

A Vinícola Manzwine, localizada na Vila de Cheleiros distrito de Setúbal , a 20 minutos de Lisboa, é propriedade do brasileiro André Manz, ex-jogador de futebol que  ao mudar-se para esta localidade em 2004, queria apenas fazer um vinho para consumo da família, pois era um apreciador da bebida. A descoberta de uma uva branca chamada Jampal, praticamente extinta em Portugal, fez com que André  decidisse produzir um vinho com esta casta. O resultado foi surpreendente: o seu vinho era diferente de tudo o que se havia provado até então, constituindo uma oportunidade de negócio inesperada e o mote para a produção de outras castas portuguesas tintas mais antigas, assim como para a exploração de vinhas nas regiões nobres do Alto Douro e Palmela. Hoje a Manzwine é produtora de seis tipos de vinhos em Lisboa, Peninsula de Setubal e Douro.

Manz Pomar de Espirito Santo 2015 – elaborado com Aragonez, Castelão e Touriga Nacional, com amadurecimento de 70% do lote em cubas de inox e o restante 30% em barricas de carvalho Francês e Americano, durante 12 meses.. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi intenso e brilhante. Os aromas mostram frutas pretas, frutas vermelhas, especiarias e algo de floral. Na boca apresenta um corpo médio, com textura sedosa, taninos finos e boa acidez, repetindo as sensações do olfato. Bom final frutado com o toque floral se mostrando. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 88,70.

No registro de terras do condado de 1292, está registrado como  Castrum, Corbara, na paróquia batismal de Santa Maria de Stiolo, que coincide com o território atual do castelo de Corbara, na confluência do rio Paglia com o Tibre. A residência habitual dos condes de Corbara ficava no próprio castelo.No final do século XIX, a Tenuta di Corbara tornou-se propriedade da Banca Romana que em 1889/90 trouxe à luz o porto romano de Pagliano, localizado na confluência do Tibre e da Paglia, em opus reticolatum . A fisionomia atual da Companhia Agrícola Castello di Corbara é um reflexo fiel do novo projeto que visa melhorar a produção de vinho, desejada pela Família Patrizi, que em 1997 adquiriu a propriedade.

Campo Della Fiera Sangiovese 2018 – elaborado com 85% Sangiovese , 10% Merlot e 5% Cabernet Sauvignon., sem passagem por madeira, passando por afinamento na garrafa durante 2 e 3 meses em uma adega controlada termicamente entre 15 e 16ºC. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi médio, com muito brilho. Os aromas mostram frutas vermelhas, toques florais e alcaçuz. Na boca apresenta um corpo médio, taninos suaves, acidez equilibrada, repetindo as sensações do olfato. Bom final com o toque floral se mostrando. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$93,50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.