SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A degustação especial do sábado na Bekaa

20190209_110854

O Sérgio Musolino comandou a degustação do tradicional sábado na Bekaa, apresentando vinhos selecionados, oferecidos a preços especiais aos participantes do evento. São vinhos de excelente custo/qualidade. Vamos a eles.

A Bacalhôa Vinhos de Portugal, S.A., uma das maiores e mais inovadoras empresas vinícolas em Portugal, desenvolveu ao longo dos anos uma vasta gama de vinhos que lhe granjeou uma sólida reputação e a preferência de consumidores nacionais e internacionais. Presente em 7 regiões vitícolas portuguesas, com um total de 1200ha de vinhas, 40 quintas, 40 castas diferentes e 4 centros vínicos (adegas), a empresa distingue-se no mercado pela sua dimensão e pela autonomia em 70% na produção própria. A cada uma das entidades que constituem a Bacalhôa Vinhos de Portugal, S.A. – Aliança Vinhos de Portugal, Quinta do Carmo e Quinta dos Loridos – corresponde um centro de produção com características próprias e um património com intrínseco valor cultural. É à dinâmica gerada pelo cruzamento destas várias identidades, explorada com recurso à tecnologia mais atual e aos conhecimentos de uma equipa de renome, que a Bacalhôa Vinhos de Portugal, S.A. deve a sua capacidade única no competitivo mercado português de oferecer o vinho perfeito para qualquer ocasião.

Bacalhoa Roxo 2017 – elaborado com 100% Moscatel Roxo. Teor Alcoólico de 13%. A coloração é de um rosa pálida com muito brilho. Os aromas mostram complexidade, com morango, notas florais de rosas e flor de laranjeira. Na boca as sensações aromáticas são realçadas e intensificadas, que em conjunto com uma boa acidez natural, originam um vinho com um final cheio, muito mineral e frescor. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: R$ 135,00.

 

A família De Martino chegou ao Chile da Itália em 1934, instalando-se na ilha de Maipo (DO Maipo), em cujas vinhas se especializaram na criação de vinhos de variedades de origem Bordalesas. Ao longo dos anos, De Martino foi fortalecida como uma vitícola da família chilena, líder em inovação e reconhecida por seus vinhos de terroirs selecionados. Este selo foi traduzido na busca de novos desenvolvimentos em diversas localidades do país, com o objetivo de descobrir o potencial dos diferentes climas e origens. Deste modo, hoje De Martino produz vinhos em: DO Maipo, DO Casablanca, DO Limarí, DO Cachapoal, DO Maule, DO Elqui e DO Choapa. Em 1996, a família decidiu rotular e exportar o primeiro Carmenere do Chile, do renomado vinhedo Alto de Piedras, gerando desde o início um forte compromisso com essa variedade. Hoje, e já serviu 80 anos de história, a adega combina a experiência da terceira geração da família , representado por Pietro, Marco e Remo De Martino, com o dinamismo e visão da quarta geração já construído, Marco Antonio e Sebastián De Martino, que juntamente com os enólogos Marcelo Retamal e Eduardo Jordán lideram os novos projetos da vinícola. A De Martino faz hoje vinhos de Novo Mundo no estilo Velho Mundo: vinho mais suave, magro, elegante, fino, fresco e gastronômico. Uma vinícola sutil, na palavra do crítico britânico Hugh Johnson.

De Martino Gallardia del Itata White Blend 2014 – elaborado com70% Moscatel De Alexandria, 30% Corinto (vinhas Plantadas em 1911, Pé Franco). Amadurecimento de 3 meses em cubas de aço inox. Teor Alcoólico de 12,5%. A coloração é de um palha esverdeado, brilhante e cristalino. Os aromas mostram cítricos, maracujá, lichia e toques florais (jasmim). Na boca  as sensações do olfato se repetem, com refrescante toque de acidez e leve adocicado. Um bom final onde o floral se mostra, com um toque de mineral. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 93,00.

 

Fred Franzia, sobrinho da lenda do vinho Ernest Gallo , fundou a Bronco Wine em 1973, com seu irmão, Joseph, e o primo John Franzia, depois que o negócio da vinícola Franzia foi comprado pela Coca-Cola e depois pelo Wine Group . A Bronco possui mais de 35.000 acres (140 km²) de vinhedos, a maioria dos quais está localizada no Vale Central da Califórnia . Com instalações de armazenamento e produção em Ceres , Napa Valley , Sonoma Valley , Escalon e Madera . Tem capacidade para produzir anualmente 61 milhões de galões (230 milhões de litros) de vinho. A Bronco Wine Company é a quinta maior vinícola e a maior proprietária de vinhedos nos Estados Unidos.

Forest Ville Pinot Noir 2012 – elaborado com 76% Pinot Noir, 6% Petite Syrah, 5% Malbec, 4% Dornfelder e 9.% Mixed Red, com amadurecimento de 3 meses em barris de carvalho americano e tanques de aço de aço inoxidável. Teor Alcoólico de 12,5%. A coloração é de um vermelho cereja, com muito brilho e boa transparência. Os aromas mostram cereja, framboesa, morango, algo herbáceo e um toque de menta. Na boca apresenta um corpo médio, com taninos macios, bem integrado às frutas, acidez equilibrada e um adocicado, que se mantem no final frutado. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$ 64,00.

 

A vinícola Quinta Don Bonifácio está  localizada em Caxias do Sul, em meio a 50 hectares de vinhas.O empreendimento nasceu no ano de 2000 com a implantação do Vinhedo Santa Lúcia e do Vinhedo São Francisco, ambos cuidadosamente planejados para se obter os melhores frutos da região. A Vinificação iniciou em 2007 e hoje o processo acontece da forma mais moderna possível, focando na elaboração de vinhos finos e espumantes que demonstrem o que há de melhor no terroir da região.

Os vinhos da linha Habitat da Quinta Don Bonifácio fazem homenagem aos pássaros que habitam o Rio Grande do Sul. No rótulo do Habitat Doppio Lote 1 o pássaro é o João-de-barro, que é conhecido como um pássaro trabalhador e inteligente.

Habitat Doppio Sangiovese/Merlot Lote 1 – elaborado com uvas das safras 2015 e 2017, com amadurecimento do Merlot (2015) por 12meses em barricas de 225 litros de carvalho francês e do Sangiovese (2017) em tanques de inox.Teor Alcoólico de 12,8%. A coloração é de um rubi intenso, profundo e brilhante com reflexos violáceos. Os aromas mostram groselha, mirtilo, amora, ameixa, baunilha, cedro, canela e uma leve nota floral. Na boca apresenta um corpo médio, com taninos suaves, bem integrados ao frutado, repetindo as sensações do olfato, numa acidez equilibrada. Médio final frutado, com a canela se mostrando. Foram elaboradas 1500 garrafas numeradas, sendo a nossa a 486. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$ 96,75.

 

Vinícola Manzwine, localizada na Vila de Cheleiros distrito de Setúbal , a 20 minutos de Lisboa, é propriedade do brasileiro André Manz, ex-jogador de futebol que  ao mudar-se para esta localidade em 2004, queria apenas fazer um vinho para consumo da família, pois era um apreciador da bebida. A descoberta de uma uva branca chamada Jampal, praticamente extinta em Portugal, fez com que André decidisse produzir um vinho com esta casta. O resultado foi surpreendente: o seu vinho era diferente de tudo o que se havia provado até então, constituindo uma oportunidade de negócio inesperada e o mote para a produção de outras castas portuguesas tintas mais antigas, assim como para a exploração de vinhas nas regiões nobres do Alto Douro e Palmela. Hoje a Manzwine é produtora de seis tipos de vinhos em Lisboa, Peninsula de Setubal e Douro.

Manz Pomar do Espírito Santo Chelheiros 2015 – elaborado com Aragonez, Castelão e Touriga Nacional, com amadurecimento de 70% do lote em cubas de inox e o restante 30% em barricas de carvalho Francês e Americano, durante 12 meses.. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi intenso e brilhante. Os aromas mostram frutas pretas, frutas vermelhas, especiarias e algo de floral. Na boca apresenta um corpo médio, com textura sedosa, taninos finos e boa acidez, repetindo as sensações do olfato. Bom final frutado com o toque floral se mostrando. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 93,00. Observação: Manz Pomar do Espírito Santo recebe esse nome por seu vinhedo estar localizado próximo da Capela do Espírito Santo na região de Cheleiros.

 

A Vinícola Terranoble foi fundada em 1993, por quatro empresários do Chile que decidiram realizar o sonho de criar uma adega focada em vinhos premium. Com o compromisso de desenvolver uma excelência  em Sauvignon Blanc e Merlot, instalou-se no melhor lugar para essas variedades: Vale do Maule. A vinha teve um marco histórico quando o ampelografo francês Jean Michel Boursiquot descobriu que grande parte do Merlot chileno pertencia à Carmenere extinta. Enquanto muitos voltaram à  Merlot, Terranoble decidiu aprender com esta estirpe, transformando-a  em sua atenção principal. Em 2003 e o alemão Lobo von Appen entrou  para o grupo. Dividido entre os vales de Casablanca, Colchagua e Maule, as vinhas cobrem 450 hectares de terra, todos escolhidos considerando as diversas necessidades de cada uma das variedades. Assim, tem-se as melhores condições de clima e solo necessárias para produzir vinhos equilibrados, com grande concentração de aromas e sabores, possuindo um estilo moderno e de qualidade. São elaborados vinhos nas linhas Classic, Reserva, Reserva Terroir, Gran Reserva e Alta Gama. Atualmente a produção de Carménere é a mais importante da Terranoble, sendo a única vinícola do Chile que vende mais Carménère do que Cabernet Sauvignon.

Terranoble Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2015 – elaborado com 90% Cabernet Sauvignon e 10% Syrah, do Valle Colchagua, com amadurecimento de 10 meses em carvalho francês e mais um ano nas caves antes da comercialização. Teor Alcoólico de 14%. A coloração é de um púrpura intenso e brilhante. Os aromas mostram cassis, groselha, amora, menta, tabaco e especiarias finas. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos ainda jovens, acidez equilibrada e leve adstringência. Bom final com o toque mentolado se mostrando. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 107,00.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.