SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A degustação dos vinhos da Winert

GE DIGITAL CAMERA

Fundada em 1975,a  Bodega Cavas de Weinert  está localizada em Lujan de Cuyo. O edifício da antiga arquitetura espanhola, um remanescente de uma antiga adega em Mendoza,  que pertenceu à família Otero até 1920. Bernardo C. Weinert, chamado de “Don Bernardo” na Argentina,  fundador e proprietário, pode ser definido como um empreendedor. Nascido em uma pequena colônia alemã no sul do Brasil, montou a sua história de negócios em transportes internacionais na América do Sul. Adquiriu a cantina construída em 1890, fez as reformas necessárias, estabeleceu um estilo para os vinhos (a marca registrada é de envelhecimento por no mínimo dois anos antes de lançar no mercado) e colocou os rótulos à venda a partir de 1976.   Antes de embarcar em tal tarefa, ele fez um extenso estudo de Mendoza: seu clima, solo, videiras; e ele encontrou em Lujan de Cuyo o lugar ideal para o empreendedorismo. Após o trabalho de restauração intensa no edifício adquirido em 1974, ele trouxe a tecnologia mais recente na vinificação  e juntou-se com enólogos de renome. Naquela época todos o acreditavam louco, mas o tempo provou que ele estava certo. Um enorme tonel de 130 anos, adquirido na Itália, com  capacidade para 44 mil litros,  está instalado desde 1998 e ainda é utilizado. Nesses tóneis – também conhecidos como foudres –resulta em tintos com bom corpo e taninos amadurecidos, porém sem aquelas notas marcadas de carvalho. Quanto maior e mais usada a barrica, menor a passagem de aromas amadeirados para o vinho – porém a capacidade de evolução gradual da bebida no tonel permanece. Esse método permite que a Weinert atinja um alto grau de maturidade e complexidade em seus produtos, com um ar mais refinado (alguns diriam “francês”) que agrega aromas terciários e preserva a expressão da fruta. Esse é o segredo e o diferencial da Weinert.

Induna Weinert apresentou os vinhos do encontro enogastronômico da Bekaa Delicatessen. Segundo ela, seu pai migrou para a Argentina em um período de crise da produção de vinhos no país, de olho na oportunidade de produzir para o mercado brasileiro. Nos primeiros anos, ele aproveitou essa chance para comprar boas terras e, também para adquirir, de seus concorrentes, grandes toneis de vinificação, alguns usados até hoje. A opção por vinificar seus vinhos em grandes barris, de 2.500 a 6.000 litros, é em boa parte responsável pela personalidade dos vinhos produzidos pela Weinert.

Vamos aos vinhos degustados..

Carrascal Reserva Cabernet Sauvignon 2012 – elaborado com 100% Cabernet Sauvignon de vinhedos de 30 a 60 anos de Luján de Cuyo. Envelhecido 24 meses em grandes tonéis neutros. Teor Alcoólico: 14% .A coloração é de um rubi de média intensidade e borda mais clara. Os aromas mostram frutas vermelhas, pimenta preta, pimentão verde e algo de alcaçuz, cravo e canela. Na boca apresenta um corpo médio, com taninos suaves e bem integrados, acidez equilibrada e toque herbáceo. Agradável final, com a fruta se mostrando. Avaliação: 88/100 Pontos. Observação: a linha Carrascal, com a sua jovialidade, mesmo com os seus 24 meses de carvalho,  traz produtos para ocasiões festivas e dede descontração.

Weinert Merlot 2006 – elaborado com elaborado com 100% Merlot, a partir de uvas de três regiões em distintas em distintas altitudes: Luján de Cuyo a 800m, Maipú a 900m y Tupungato a 1050m.  Envelhecido 72 meses em grandes tonéis  e mais um bom tempo de garrafa. Teor Alcoólico: 14,2% .A coloração é de um granada brilhante, com halos mais claros. Os aromas são complexos com um intenso frutado, frutas passificadas, madeira e tostado sutís,especiarias (cravo, alcaçuz) e toque mentolado. Na boca apresenta taninos maduros, repetindo as sensações do olfato, com muito equilíbrio e acidez integrada e um leve adocicado. Longo final, potente. Avaliação: 90/100 Pontos.

Weinert Cabernet Sauvignon 2006 - elaborado com elaborado com 100% Cabernet Sauvignon, envelhecido 72 meses em grandes tonéis  e mais um bom tempo de garrafa. Teor Alcoólico: 15,2 %.A coloração é de um rubi intenso, com halos mais claros, e brilhante. Os aromas mostram frutas negras, frutas compotadas, couro, chocolate, pimenta e algo floral. Na boca apresenta um bom corpo, potencializando as sensações do olfato, com taninos firmes, amadeirado leve e acidez em equilíbrio, O intenso frutado amadeirado permanece no longo final. Avaliação: 92/100 Pontos.

Weinert Malbec 2006 - elaborado com elaborado com 100% Malbec, de antigos vinhedos entre 70 e 110 anos, envelhecido 72 meses em grandes tonéis  e mais um bom tempo de garrafa. Teor Alcoólico: 14,8%.A coloração é de um rubi profundo e brilhante, com halos mais claros. Os aromas mostram intenso frutado (ameixa, amora), frutas secas, toque de flores , couro e baunilha. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos firmes, bem integrados ao frutado e um amadeirado em equilíbrio. Acidez pontual. Longo final, com um toque floral em destaque. Avaliação: 91/100 Pontos

Cavas de Weinert 2006 – elaborado com 40% Cabernet Sauvignon, 40% Malbec, 20% Merlot. Cada uva foi envelhecida durante 3 anos em barricas de carvalho francês. Este vinho está elaborado com uvas que, depois de um rigoroso processo de seleção, respondem ao máximo nível de qualidade. Teor Alcoólico: 15,3%.A coloração é de um rubi profundo, com toques violetas e tonalidades marrons. Os aromas mostram intensos frutos vermelhos (cereja, cassis), floral, especiarias, animal, couro, café  e algo de terroso. Na boca apresenta muito equilíbrio entre a madeira, os taninos e a acidez, com um toque de alcaçuz. Longo final com o frutado e o café se mostrando. Avaliação: 93/100 Pontos. É, sem dúvida, um dos melhores vinhos da Argentina.

Sem dúvida, uma noitada para não se esquecer!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.