SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A degustação do sábado na Bekaa

20200104_110126

Uma degustação especial,  a primeira de 2020,  marcou este sábado na Bekaa. Sob o comando da Mariane e Lara,  foram degustados vinhos oferecidos a preços especiais aos participantes, como tradicionalmente a Bekaa faz em suas degustações do sábado. Vamos aos vinhos.

No ano de 1853, a família espanhola Lozano começou a produzir seus vinhos em Albacete, na região de La Mancha. Em 1920 a família funda a Bodegas Lozano e consolida sua operação de produção. Em 1985, compram a bodega atual e em 2005, expandem seus negócios com a aquisição de uma empresa produtora de suco de uva. Atualmente em sua quarta geração, a família se dedica a produzir vinhos de qualidade que representam La Mancha em sua forma mais original e característica.

Bodegas Lozano Marques de Toledo Verdejo 2017 – elaborado com 100% Verdejo, com amadurecimento de 3 meses em caves. Teor Alcoólico de 12%. A coloração é de um amarelo claro esverdeado, com muito brilho. Os aromas mostram toranje, carambola, maracujá, toques cítricos e algo floral. Na boca apresenta boa textura, repetindo as sensações do olfato, com acidez expressiva e toque mineral. Bom final com o toque mineral se mostrando. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$ 66,30.

Em 1972, Les Gillières tornou-se um domínio excepcional, estruturado, dedicado pelo atual proprietário, a família RÉGNIER, a serviço da vinha e do bom vinho. Les Gillières tornou-se uma área excepcional de 87 hectares, estruturada em torno de duas fazendas. Estendendo-se ao redor de uma magnífica propriedade reconstruída sobre os restos do castelo, o vinhedo Gillières está localizado em Haia Fouassière, às portas de Nantes, na área de denominação de Muscadet Sèvre e Maine. As vinhas estão nas encostas do flanco sul do Loire, desfrutando de múltiplas influências climáticas que fazem toda a tipicidade deste Muscadet. O Domaine de la Guillaudière fica perto das margens do Lago Grand Lieu, em Corcoué-sur-Logne, na área de denominação de Muscadet Cotes de Grandlieu. Com um rendimento controlado, a vinha produz anualmente cerca de 5 400 Hl vinificado no porão de Haia Fouassière.

Château Des Gillières Domaine De La Guillaudière Rosé 2017 – elaborado com 100% Grolleau Noir (típica do Loire), com rápido estágio em tanques de Inox. Teor Alcoólico de 11,5%. A coloração é de um cereja médio. Os aromas mostram morango, framboesa, toques florais e leve mineral. Na boca as sensações do olfato se repetem, com uma acidez leve, com delicadeza e refrescância. Agradável final delicado com o mineral se mostrando. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$ 94,35.

A Companhia  Cooperativa Agrícola de Pliniana,   fundada em 1964 por apenas  produtores de uva,  está localizada em  Manduria,  na província de  Taranto, Apúlia . A  Cooperativa Agrícola de Pliniana  foi fundada por iniciativa de um grupo de apenas membros  produtores de uva,  com o objetivo de reduzir ao máximo a cadeia de suprimentos e dar maior importância à fase de produção. Há mais de 50 anos, a  Pliniana  consegue criar, inovar, confirmar e continuar sem interrupção em seu processo de crescimento. Até o momento, a  vinícola  tem mais de 570 parceiros agricultores operando na área  DOC Primitivo di Manduria  e é certamente uma das realidades de produção mais importantes em toda a área. A produção total  de uvas  Cantine Pliniana vem da planície de  Manduria , de solos pobres, calcários e de textura média. 85% das vinhas referem-se a vinhos tintos, sendo 70% reservadas ao  Primitivo di Manduria   (nas várias indicações de origem DOC, DOCG, DOP, IGP) e o restante a outras uvas vermelhas  Negroamaro ,  Malvasia Nera , Sangiovese . A percentagem de videiras para vinhos brancos é de 15% e consiste nas seguintes variedades:  Chardonnay, Malvasia branco, Fiano, Moscato e Sauvignon .

Messapo Primitivo di Salento 2018 – elaborado com 100% Primitivo, sem passagem por madeira. Teor Alcoólico de  14,5%. A coloração é de um rubi intenso, com muito brilho. Os aromas mostram  amora, cereja, geleia, especiarias, toques herbáceos e algo de balsâmico. Na boca apresenta um corpo médio, com taninos macios e bem integrados ao frutado, leve acidez, repetindo as sensações do olfato. Bom final frutado com o balsâmico se mostrando. Avaliação: 90/100  Pontos. Preço: R$ 107,10.

A De Martino, vinícola fundada em 1934, hoje na quarta geração, tem vinhedos por todo Chile, já que busca o lugar mais apropriado para cada variedade.  Tem vinhedos de Cabernet Sauvignon em Cachapoal , de Chardonnay  no vale de Limari, Cinsault e Moscatel no vale de Itata e Syrah em Choapa. E são deles os mais altos vinhedos chilenos, em Elqui, de onde vem um magnifico tinto, o Alto Los Toros, um blend de Syrah e Petit Verdot. Em 2011 a De Martino, tendo à frente o enólogo Marcelo Retamal, começou a acabar com a padronização (colheita tardia para obter uvas muito maduras,açucaradas, muita madeira, muita levedura), em que os vinhos não têm identidade e todos se parecem. A mudança: nada de ácido tartárico (para dar acidez às uvas ultra maduras), nada de leveduras adquiridas em mercado, nada de barricas novas para os tintos,  leveduras nativas e foudres para os vinhos tops. A De Martino faz hoje vinhos de Novo Mundo no estilo Velho Mundo: vinho mais suave, magro, elegante, fino, fresco e gastronômico. Uma vinícola sutil, na palavra do crítico britânico Hugh Johnson em seu Pocket Wine Book 2013. Foi eleita a melhor vinícola do Chile em 2011.

De Martino Gallardia Cinsault 2016 – elaborado com 100% Cinsault, do Vale Itata-Guariligüe, vinhedos com 35 anos de idade, plantados em pé franco. Amadureceu por 7 meses em tanques de inox. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi brilhante, com toques violáceos intensos. Os aromas mostram cereja, framboesa, toques florais e leve especiaria. Na boca apresenta um ótimo equilíbrio e muita elegância, com taninos finos e macios, num médio corpo. Bom final, levemente adocicado. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$ 106,25.

A Quinta do Portal é uma empresa familiar que iniciou seu projeto na região do Douro no início dos anos 1990. Sua origem está na impressionante fazenda centenária, onde a família elaborava vinhos desde o Século XIX. A atual bodega de Quinta do Portal foi construída na propriedade e está localizada em um ponto que permite dominar a paisagem criada pelos vinhedos, que são, evidentemente, os protagonistas desta bodega. São eles cultivados com o conceito de sustentabilidade e mínima intervenção, em um sistema de cultivo que tem o objetivo de produzir uvas de alta qualidade, mediante à utilização de recursos naturais e mecanismos que substituem os produtos químicos e contaminantes, garantindo assim uma agricultura sustentável. Os vinhos de Quinta do Portal procuram expressar a diversidade do Douro, sua grande riqueza de variedades, a diferença de altitude ao longo do rio, as diferentes orientações e exposições solares e a pluralidade de seus solos, que compõem um mosaico de “terroirs” único. Estas características destacam a bodega e sua contínua inovação, em busca de melhorar e evoluir sempre seus vinhos. Em cada colheita, são feitas experiências e microvinificações que procuram diferenciar os vinhos, que procedem das mãos de Paulo Coutinho, enólogo da bodega desde 1994.

Quinta do Portal Reserva 2015 – elaborado com Touriga Nacional (45%), Tinta Roriz (40%) e Touriga Franca (15%) com amadurecimento em barricas de carvalho francês novos e usados por 9 meses. Teor Alcoólico de 14,5%. A coloração é de um rubi intenso e concentrado. Os aromas mostram frutas negras, notas florais e de carvalho. Na boca apresenta um bom corpo, potência, taninos firmes, acidez equilibrada e harmonia. Longo final frutado com cassis se mostrando. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 170,00, aos participantes do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.