SOBRE
Osvaldir Castro
Biólogo e Winemaker, ministrando cursos e palestras sobre Vinho (como hobby) e participando de várias confrarias onde, com os amigos, compartilha e troca informações referentes ao tema. Lema: como bom enófilo, Diante de decisões, tomo o vinho.

A degustação de Anselmo Mendes

GE DIGITAL CAMERA

Na noite de ontem ocorreu a degustação de vinhos de Anselmo Mendes, numa  promoção da Bekaa Delicatessen (com Sérgio Musolino no comando) em parceria com o Restaurante L’Osteria. Os vinhos da noite foram harmonizados com um cardápio especial, elaborado pelo Chef Tiago Caparroz, do qual constou: Bisque de lagosta ao armagnac, Fetttucini artesanal e cauda de lagosta ao estragão, Filet de Hallibut, escordalha e beurre blanc de açafrão. 

Anselmo Mendes é um dos mais destacados vinicultores da região de Vinho Verde no Norte de Portugal. Ele nasceu na sub-região de Monção, famosa por seus Alvarinhos. Antes de começar sua própria produção, trabalhou para a Egrégia CVRVV e também prestou serviços à Borges, onde ainda dá consultoria. Foi com a casta Alvarinho em Monção e Melgaço, que Anselmo Mendes começou a produzir, em 1998. A adega, na zona do Vale do Minho, é um espaço de experimentação e investigação, a partir de onde a paixão de Anselmo Mendes pelo vinho e pela região ganha forma e gosto. É um lugar de reinvenção, para fazer de cada vinho uma expressão da terra elevada à sua forma mais sublime, um traço cultural, um rasgo de carácter. Dos Vinhos Verdes ao Alentejo, descendo pelo Douro e pelo Dão, com “saltos” aos Açores, Brasil e Argentina, Anselmo Mendes tem feito o seu percurso como enólogo cultivando uma paixão em cada região, conhecendo a expressão de cada terra e procurando enaltecer o seu melhor em cada vinho. Hoje, como consultor, conta com vários projetos de sucesso do norte a sul de Portugal e no estrangeiro. É “O produtor mais inovador no Alvarinho”, segundo José Penin, o maior crítico espanhol de vinhos.

Vamos aos vinhos. 

Muros Antigos Loureiro Escolha 2014 – elaborado com 100% Loureiro, de vinhas no Vale do Rio Lima, com forte influência climática do Oceano Atlântico.  Estágio de 4 meses sobre borras finas. Teor Alcoólico de 12%. A coloração é de um amarelo palha, com reflexo esverdeado, límpido e brilhante. Os aromas mostram toques cítricos e florais intensos, com algo de mineral. Na boca as sensações do olfato se repetem, num caráter jovial, com a acidez cítrica viva e algo de herbáceo. Agradável final frutado com o toque mineral se mostrando. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: 67,00, aos participantes do evento.

Muros Antigos Alvarinho 2014 elaborado com 100% Alvarinho, de vinhas de Monção e Melgaço, de baixa altitude. Fermentação e estágio de 6 meses em barricas de carvalho, sobre borras totais. Teor Alcoólico de 13%. A coloração é de um amarelo palha, com reflexo esverdeado, límpido e brilhante. Os aromas mostram  muita complexidade, com florais, cítricos e minerais se entrelaçando. Na boca apresenta untuosodade, repetindo as sensações complexas do olfato, e mostrando um toque de amargor, típico da casta. Longo final cítrico com o toque de amargor se mostrando. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: 186,00, aos participantes do evento.

Curtimenta Alvarinho 2011 elaborado com 100% Alvarinho, de vinhas de Monção e Melgaço, a partir de vinhas com mais de 12 anos, de baixa produção com níveis elevados de acidez e boa maturação. A característica é ser um vinho feito à antiga com curtimenta, com mais cor e mais taninos, explorando ao máximo o potencial da casta. Fermentação em barricas usadas de 400 litros onde permanece durante 9 meses sobre borras totais em barricas francesas novas e usadas. O vinho afina por mais seis meses na garrafa antes de sua liberação ao mercado.  Teor Alcoólico de 13%. A coloração é de um amarelo palha com reflexo dourado. Os aromas mostram muita complexidade, com frutas brancas, toques florais,  cítricos e defumado. Na boca apresenta boa estrutura, cremosidade, acidez, alcool  e madeira equilibrados. O frutado e o floral se mostram e permanecem no longo final. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: 315,00, aos participantes do evento.

Parcela Única Alvarinho 2013 elaborado com 100% Alvarinho, de vinhas de Monção e Melgaço, a partir de vinhas proveniente de uma só parcela que produz um vinho que revela o que de mais puro e original tem a casta. Amadurecimento de  nove meses em barrica de carvalho de primeiro uso, sobre borras totais,com levantamento semanal das borras (bâtonnage). Teor Alcoólico de 13%. A coloração é de um amarelo palha límpido e brilhante. Os aromas mostram notas cítricas, leve madeira e algo de tostado. Na boca apresenta uma elevado frescor, maciez, acidez delicada, com uma sutil madeira e toque mineral elegante. Longo final com os cítricos vivos e a mineralidade se mostrando. Avaliação: 92/100 Pontos. Preço: 315,00, aos participantes do evento. Observação: elaborado após dez anos de estudos sobre vinte parcelas, onde apenas uma se destacou nesse período, é a parcela única utilizada.

Para encerramento com chave de ouro da noitada foi servido um Vinho do Porto Vintage, da Fonseca. Desde o lendário 1840, o primeiro Vinho do Porto Vintage lançado no mercado, até aos fantásticos vintages declarados na última década, a empresa tem produzido uma série de vinhos aclamados, mesmo nos momentos mais adversos da história. James Suckling, no seu livro referência sobre vinhos do Porto Vintage, descreve o seguinte: ” Os Portos Vintage da Fonseca são consistentemente talvez os melhores de todos. Não só apresentam uma corpulência notável e uma riqueza poderosa enquanto jovens, mas também mantêm essa juventude durante décadas.”

 

numa  promoção

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.